Clinica
email


HISTEROSCOPIA CIRÚRGICA EM HOSPITAL


Esta técnica utiliza instrumental um pouco diferente, corrente elétrica para corte e coagulaçào.
As pacientes devem fazer os exames pré-operatórios de rotina, RX de tórax e risco cirúrgico.
Geralmente é internada e operada no período da manhã, tendo alta na tarde do mesmo dia, ou na manhã do dia seguinte.
Nesta técnica fazem-se cortes e coagulações nas lesões, com uma alças por onde passa um tipo de corrente elétrica, retirando a lesão em pedaços .
A retirada dos miomas submucosos, dos grande pólipos endometriais e endocervicais e a endometrectomia, devem ser realizadas desta forma.
Resumidamente, estes são os procedimentos hospitalares:

Miomectomia de mioma submucoso.
Miomectomia de mioma submucoso com componente intramural.
Polipectomia de pólipos com base larga ou séssil.
Secção de septo uterino.
Endometrectomia- retirada do endométrio.

A endometrectomia é a retirada do endométrio utilizando-se as alças de ressecção com corrente. Está indicada nas pacientes que tem fluxo menstrual abundante, com útero normal.
Esta cirurgia propicia redução importante da menstruação em aproximadamente 80 a 90% dos casos, onde o fluxo menstrual fica pequeno, e por 2 a 3 dias. Nestes casos evita-se a histerectomia, que é a retirada do útero.


Como é realizado o exame.
Que doenças são diagnosticadas por histeroscopia.
Cirurgia histeroscópica em consultório.

______________________________________________________________________________________________

ClĂ­nica Ginendo
Endereço: Rua Voluntários da Pátria 126/602 Botafogo - Rio de Janeiro - Brasil
Cep 22270-010 . Telefax: (21)-25372321 -
Email : lasmar@ginendo.com


Todos os direitos reservados - Ginendo.com